ID_varzea logo p

ID_varzea logo p

Modelo de Turismo Comunitário

A medida que o projeto ganhou corpo, Várzea passou a despertar interesse em pessoas que queriam contribuir ou conhecer o projeto relacionado ao artesanato. O A Gente Transforma, em parceria com o Projeto Garupa e a Fundação Casa Grande, nossos parceiros nesta etapa, desenhou um modelo de turismo comunitário com o objetivo trazer esse desenvolvimento com autonomia.

Expedição Garupa

De todas as coisas que nos mostram o sucesso de um projeto AGT, os desdobramentos que nascem a partir da nossa articulação são o nosso melhor termômetro. O nosso papel é exatamente esse: desenhar o fluxo da rede com a rede que nos acolhe.

A medida que o projeto ganhou corpo, Várzea passou a despertar interesse em pessoas que queriam contribuir de alguma forma. A comunidade passou a receber visitantes curiosos pelo projeto ou com ideias complementares, e a vontade de acolher estes interessados em suas próprias casas partiu dos habitantes da cidade. O Projeto Garupa, nosso parceiro nesta etapa, ajuda comunidades a formatar projetos de capacitação para que eles se desenvolvam com autonomia. Em Várzea, eles nos ajudaram a desenhar um programa de turismo comunitário bonito e desafiador: o povoado aprendeu a receber visitantes em suas casas e a gerir o valor recebido pela hospedagem pensando na integração da comunidade e no benefício compartilhado. Um exercício de planejamento e gestão também facilitado pela Fundação Casa Grande, que já trabalha com turismo com propósito há anos e que compartilhou o seu conhecimento.

RESULTADO

Como resultado da expedição, a equipe realizou um workshop realizado em março, em São Paulo, onde foram definidos os próximos passos desse projeto, que será desenvolvido pelo A Gente Transforma em parceria com a Fundação Casa Grande e outros parceiros que já começam a se aproximar:

Agrofloresta

No segundo semestre de 2016, Várzea Queimada receberá um novo grupo, que deverá trabalhar na implantação da primeira agrofloresta da comunidade. Nessa oportunidade, os moradores que receberão hóspedes poderão colocar em prática o modelo de turismo comunitário.

Em 2017 devem ocorrer novas imersões focadas na identificação de referências culturais, com o objetivo de estruturar o Memorial Cultural de Várzea Queimada.

FICHA TÉCNICA

Co-criação
Rosenbaum
Garupa
Fundação Casa Grande

Fotos e Filme
Diego Cagnato

Compartilhar